secretaria@cppc.org.br 21 99454.5961

AVALIAÇÃO DO NÍVEL DE DEPRESSÃO EM MULHERES ASSISTIDAS POR ESTRATÉGIAS MEDICAMENTOSAS COM ANTIDEPRESSIVOS

Teses

RESUMO O presente trabalho teve como objetivo avaliar o nível da depressão de mulheres assistidas por estratégias medicamentosas com antidepressivos, na rede pública de saúde de Blumenau, utilizando como ferramenta o questionário com propriedades psicométricas da versão em português do Inventário de Depressão de BECK (BDI), totalizando 390 mulheres entrevistadas, sendo consideradas válidas 300. Esse instrumento é a medida de avaliação de depressão mais utilizada no mundo, sendo validado no Brasil através do trabalho das pesquisadoras Clarice Gorestein e Laura Andrade, tendo sido já submetido ao comitê de ética da Universidade de São Paulo – USP. Buscou-se, assim, traçar o nível de depressão prevalente numa população feminina assistida e tratada com estratégia medicamentosa (antidepressivos). Constatou-se um grande número de mulheres que tomam o medicamento por um período superior a cinco anos: 49% das entrevistadas. Palavras-chave: Mulher. Depressão. Antidepressivos. Estratégias medicamentosas. Estratégias não-medicamentosas.

Copyright ©1976-2018 CPPC - Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos
Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da CPPC.
Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei.