secretaria@cppc.org.br 21 99454.5961

UM SALMO DA PSICO-TEOLOGIA, por P. Paulo Sérgio Einsfeld

Artigos e Notícias

O Salmo 16 entre minha fé e psicologia; ou:
UM SALMO DA PSICO-TEOLOGIA

Guarda-me, ó Deus, porque em ti me refugio,
em meio à correria de compromissos, cobranças e responsabilidades

Digo a Javé: Tu és o meu Senhor; outro bem não possuo, outro alicerce de minha existência que me dê sentido não tenho colocado, senão a ti somente.

Quanto aos santos que há na terra (os colegas pastores luteranos, os membros amigos de “minhas” comunidades, os/as colegas do CPPC) são eles os notáveis nos quais tenho todo o meu prazer.

Minha herança está no Senhor e nos seus santos.

Bendigo o Senhor, que me aconselha – de modo não-diretivo, quando me deixa com liberdade para escolher os melhores caminhos, as decisões acertadas. Tantas vezes me aconselha diretivamente mesmo, quebrando meu orgulho, quebrantando minhas humanas pretensões …

pois até durante a noite, o meu coração me ensina psicanaliticamente me enviando sonhos ou nos raros momentos de insônia.

O Senhor Deus, tenho-o sempre à minha presença. Estando ele à minha direita serei abalado pelo sofrimento, sim. Estarei sensibilizado pela dor minha e a dos outros, mas não estarei desarticulado, aos pedaços. Sua graça me mantém firme, senão nas alturas do andaime, mas no fundamento cravado na terra.

Alegra-se, pois, o meu coração – meu sentimentos de alegria me empurram ao canto;
e o meu espírito exulta – minhas emoções afloram do mais íntimo reduto de comunhão com o Pai para o mundo exterior;
até meu corpo repousará seguro e evitará somatizar o que reprimo no di-a-dia.

Pois não deixarás a minha alma na morte, nem permitirás que teu Santo veja corrupção. De fato o Santo de Deus encarnado, seu bendito Filho, nosso Amado Salvador não permaneceu na corrupção da morte, mas ressuscitou para a vida incorrupta e incorruptível.

Tu me farás ver os caminhos da vida – foi registrado na minha Lembrança da minha Confirmação, como profecia dos caminhos de Deus que se abririam no futuro e se juntariam aos meus próprios caminhos, de modo que hoje não sei distinguir estes daqueles …

Na tua presença há plenitude de alegria – Sim, na autêntica presença do Senhor há genuína alegria a manifestar-se no coração, no espírito e no corpo.

Na tua destra há delícias perpetuamente – Para sempre, alegria indizível, louvor em plenitude. Páscoa Eterna!

Tal é a importância da espiritualidade sadia para mim:

O Único Senhor Deus é meu refúgio, segurança, o único bem e herança preciosa.
Ele me presenteia com santos queridos – todos “santos sujos” em sua humanidade pecadora, mas redimida.
Ele é meu conselheiro e gosta de atuar quando estou à volta com meu travesseiro.
Minha fé encarnada alegra meu coração; meu espírito vibra; meu corpo repousa.
Minha esperança na Páscoa Eterna é fortalecida.
Ele me faz não somente sentir, mas ver os caminhos da vida.
De que mais preciso ???

Copyright ©1976-2018 CPPC - Corpo de Psicólogos e Psiquiatras Cristãos
Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo da CPPC.
Proibida reprodução ou utilização a qualquer título, sob as penas da lei.